DOENÇAS OFTALMOLÓGICAS

As doenças oftalmológicas mais comuns em cães e gatos, são:

Entrópio

Esta alteração manifesta-se por uma inversão para dentro da borda da pálpebra, tanto a superior como a inferior. As pestanas ou os pêlos (a pálpebra inferior do cão não tem pestanas) em contato permanente com a córnea, provocando irritação e um lacrimejar constante.

Sintomas:

lacrimejamento
contração das pálpebras
vemelhidão
Tratamento

O entrópio somente pode ser corrigido por cirurgia. Todas as técnicas conhecidas têm, por objetivo, corrigir a inversão da borda palpebral a fim de evitar danos ao tecido ocular e à córnea.

As raças mais acometidas estão os Shar-Pei, Chow-Chow, Rottweilers, Labradores e os gatos Persa.

PROTUSÃO DA GLÂNDULA DA TERCEIRA PÁLÉBRA

A protrusão ou prolapso da glândula da terceira pálpebra é uma alteração ocular muito frequente em cães jovens ou adultos de diferentes raças. A principal queixa na clínica é a exposição súbita da glândula, além de secreção purulenta e vermelhidão.

O tratamento definitivo deve ser sempre cirúrgico, através da recolocação da glândula em seu local original.

As raças mais acometidas são Cocker Spaniel, Beagles, Poodles e as raças chamadas de braquicefálicas, ou seja, as de focinho curto (Bulldog, Shar-pei, Pug e Shih-tzu).

 

Fontes:

www.dogtimes.com.br
www.vetweb.com.br
Veterinary Oftamology, K. Gellat.

oftalmo